Bivalves e Salicórnia

Com características naturais únicas, a Ria de Aveiro é um dos melhores locais da Europa para a produção de bivalves.

Numa harmonia entre o homem e natureza, o processo é 100% natural e proporciona, de forma sustentável, o desenvolvimento da região. Na Ostraveiro fazemos aquacultura de amêijoas e berbigão. Ainda em semente, os bivalves são colocados no fundo da marinha e crescem naturalmente ao sabor das marés, o que se reflete na sua qualidade.

Pelo seu elevado índice de salinidade, este magnífico local é também propício ao surgimento da salicórnia, planta usada como alternativa ao sal, muito saborosa e nutritiva. A salicórnia é cada vez mais apreciada pela sua qualidade e valor nutricional, que provém da capacidade de armazenamento dos seus caules.